Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Sexta-feira, 24 de Março de 2006
250 ANOS DO NASCIMENTO DE MOZART
mozart.jpg
SOZINHO ERA UMA ORQUESTRA

Nasceu em Salzburgo, na actual Áustria, a 27 de Janeiro de 1756. Filho de Anna Maria Mozart e de Leopold Mozart, um prestigiado pedagogo musical, foi baptizado na Catedral de St. Rupert com o nome Johannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart. Criança prodígio, começou a ter lições de música do seu pai teria os seus três anos. Aos seis terá composto as suas primeiras peças musicais, e aos 11 anos compôs a sua primeira ópera. Com a marca do génio inscrita em tudo quanto compôs, cumprem-se este ano 25O sobre o nascimento de Mozart.
.............................
Como músico, a Mozart nada lhe foi estranho. Genial e versátil como escassos, desde cedo, muito cedo o jovem Wolfgang se mostrou capaz de compor, sempre com talento, para quaisquer dos géneros ou motivos que lhe fossem solicitados, da ópera às sinfonias, dos "minuetos" às obras sacras ou peças ligeiras de divertimento. Nenhum instrumento lhe era estranho pois, além de ser um virtuoso no plano e no violino, era hábil em todos eles. Compôs para cravo, clarinete, trompa, flauta, harpa e oboé, diz-se que sozinho era uma orquestra. E não terá havido expressão ou sentimento humano que ele desconhecesse ou que a sua sensibilidade extraordinária, mágica, não tenha convertido ou transposto a uma partitura. Era o "Wunderkind", um menino-prodígio que chegou a compor uma ópera aos 11 anos de idade. Exemplo notável de precocidade criativa, aos três anos de idade recebia lições de piano, aos quatro escreveu a sua primeira composição, aos sete tocava órgão, cravo e violino. Já adulto, rapidamente se converteu num dos maiores expoentes da música clássica de todos os tempos, uma verdadeira enciclopédia das melodias e dos acordes. Juntamente com Haydn, Mozart apresenta o ponto culminante da música do século XVIII; com Brahms, Bach e Beethoven, a mais pura expressão do génio musical. Mozart escreveu mais de 6OO composições, nasceu há 25O anos e este é o ano de todas as comemorações Mozart.

"Mozart representa o ponto
culminante da música no
século XVIII; com Brahms,
Bach e Beethoven, a mais pura
expressão do génio musical."

Pesquisa de Conchita


publicado por conchitamachado às 11:40
link do post | comentar | favorito
|

11 comentários:
De Anónimo a 26 de Março de 2006 às 13:08
Olá Conchita,
eu a escrever sobre o tempo lá, no meu lado e s/ o ter para cá escrever mm tendo cá vindo várias vezes. Sou 1 verdadeira Papalagui :(

Mozart...se tivesse nascido no nosso tempo seria considerado um sobredotado. E daí viriam um monte de considerações... Mas, nasceu nd+, nd- que há 250 anos... considero-o para essa altura, um super-sobredotado, que felizmente, nos deixou obras fabulosas. É um dos meus preferidos!

Obrigado pelo teu trabalho, excelente ideia!

Beijinho

Alexandra
(http://alex13.blog.com)
(mailto:wwwalex13@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 17:23
Olá amiga Conchita!

Adorei a sua visitinha, obrigada pelos elogios.

Seja sempre bem vinda no meu cantinho.

Bjs!Flávia
(http://www.blogdemulher.zip.net)
(mailto:metamorfose2@bol.com.br)


De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 12:36
Como disse Camões"se foi da lei da morte libertando". Ficará para sempre a sua musica. bj e bom fdsbitu
(http://alemtejo2.blogs.sapo.pt)
(mailto:bitu_52@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 08:50
Esse homem nasceu para a música, e ainda hoje existem muitos que assim nascem, mas os tempos são outros e infelizmente tantos novos talentos ficam esquecidos das grandes ribaltas por falta de oportunidade...PDivulg
(http://www.lacosazuis.blogs.sapo.pt)
(mailto:pdivulg@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 02:21
Olá...
"Não há dor, nem triteza, nes desespero,
ou abatimento, nem depressão ou medo nem
ausência que possam vencer aqueles que têm
um Amigo".
Agradeço a visita ao meu blog,é sempre
um prazer receber o carinho de todos que
me visitam.
Bom fim de semana.
Beijos

Nylda
(http://nylda.blog.simplesnet.pt/)
(mailto:nyldaju@gmail.com)


De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 01:47
Vim desejar-te um bom fim de semana e deixar-te um beijinho carinhosoGotaDeAmor
(http://poesiadiadia.blogs.sapo.pt)
(mailto:gotadeamor@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Março de 2006 às 21:51
Foi um génio. Interrogo-me porque nos nossos dias já não aparecem pessoas assim?segundavida
(http://segundavida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:melo887@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Março de 2006 às 19:12
Uma pesquiza muito completa sobre um dos maiores compositores de todos os tempos. O teu blog não tem música? É pena!Luisa
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisa34@netcabo.pt)


De sofia chaves a 25 de Maio de 2009 às 18:53
Tirei desse texto algumas coisas para uma apresentação oral e tive muito bom-.


De conchitamachado a 1 de Junho de 2009 às 19:42
Sofia,
Fiquei contente com atenção que recebi de vc
e também por ter sido de utilidade a pesquisa
que efectuei...

- Pena não ficar LINK
Volte sempre que quizer

Carinhosamente


De tcjhfdx a 15 de Fevereiro de 2010 às 18:33
hjsgva avgsdssssssssssssssssssssssssssssssssbvdb nvshcgvf bg dgsa vvewghvfhgdx ctfcvcsvgyvdvb za xvhavxhsagcx svcxfgscvx xgsxs xstyxfsahgjza sxgs BA AB A avavhgsw ddghvvcc cgvd dv v g dghvdvs dvx dx dxdhgvcsd dhcs xvbcvhgd chgddddd dg s dsh dh shcd cd cdghcfd cvbgfy6tf3wegegfdwhgdvehgdfyd vdv dbvdhegdfev dgehvgehveghvd ddc vghdv dgve dgd vevg dg dvwdeghvfdb dgvdgvvd dd dgvdgvhgw vdvevfddhgiuhg ergrkhewjghv d3geytrwyswsloj dhbvs dh sncdvbdbnvhfoufewheuihew efgejkwhkwfhgfgffgvhjadd gvfkhjsfgvewk fhygevfhew
efkhfrgfgvf ghfvher asb cfhvdgsh dvvcgvdgvcvcgdshvhjsgdjacv bdvcghvsdgshcvc cbhgsvchsavkcvsadhkcvdsghjvcxcbsbc


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds