Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Domingo, 24 de Junho de 2007
HISTÓRIA DE UMA NOITE DE VERÃO


Foi em noite de Verão
Que eu te conheci.
E a lua mudou
De crescente a cheia
Só p'ra olhar para ti.

          Foi em noite de Verão
          Que eu te conheci. 
          O sol estava longe.
          Surgiu de repente
          Só p'ra olhar para ti.

Foi em noite de Verão
Que eu te conheci.
E as estrelas tombaram,
Caíram, baixaram,
Só p'ra olhar p'ra ti.

          Foi em noite de Verão
          Que eu te conheci.
          Mudei os destinos
          E cantei os hinos
          do gostar de ti.

Eras quatro estações
Minha estrela polar,
dos trópicos tinhas
a força no olhar.
Floresta de amor
em país a inventar...
devagar.

          Eras chuva, eras sol,
          Eras vento, eras mar,
          Eras rio sem foz
          E sem cais de atracar,
          E eu, barco perdido
          Remando e pedindo
          P'ra te navegar.

Foi em noite de Verão
que eu te conheci.
E o silêncio trazia
Valsas de Strauss
P'ra ti e p'ra mim.

          Foi em noite de Verão
          Que eu te conheci.
          E até fomos actores
          E num filme sem cores
          nos beijamos no fim.

Foi em noite de Verão
Que eu te conheci
E senti a paixão
Da doçura das mãos
Que estendeste p'ra mim.

          Foi em noite de Verão
          Que eu te conheci.
          E tu lembras Paris
          E as noites passadas
          Ali, junto de ti.


ANTÓNIO SALA
Director Geral de Coordenação
da Rádio Renascença
do s/livro "Palavras
Despidas de Música"


publicado por conchitamachado às 08:45
link do post | comentar | favorito
|

25 comentários:
De Estrela do Mar a 27 de Julho de 2007 às 14:44
...embora andando um pouco ausente, hoje há festa na CLAVE...fazes parte delaaaa...aparece:)...


JInhossssssssss



De conchitamachado a 30 de Julho de 2007 às 15:47
Estrela do Mar,
Agradeço o amável convite!...

- Até ao momento, não consegui comentar.
Por vezes, acontece. Tentarei novamente, ok?

Desejo tudo de Bom, Estrelinha.

Beijinhoss


De FALENA a 29 de Março de 2008 às 16:59
Querida,Conchita:
Siempre estás ahí y con palabras amables.
Eres una gran poetisa, pero lo mejor,una enorme y grandisima persona.
Te quiero mucho .
Un beso enorme y todo mi cariño.
Felíz fín de semana.
Inma


De vivere in spagna a 28 de Setembro de 2010 às 16:21
o mar é definitivamente o meu assunto favorito em fotograil bloco quacosa charme que está em movimento perpétuo


De conchitamachado a 17 de Outubro de 2010 às 15:56
"Só do alto da esperança
vemos nós a vida toda"

Fernando Pessoa

Agradeço a delicadeza de sua visita


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds