Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007
CARNAVAL ... CARNAVAL ... CARNAVAL !
Carnaval é festa!...
Tempo
de diversão e folias
pelas ruas das cidades
músicas e alegrias.

Carnaval
a máscara simboliza
anima
a paisagem.
Máscara não teatro
ao ritmo desta passagem.

Sambando nas avenidas
pulsam forte
os corações!...
Com o ardor d' alegria
pulam os foliões!

Corpos suados sensuais
alegres ondas
carnavais!

Cruzam no ar serpentinas
colorido
toldo d' amor
em paisagens cristalinas...


Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA


publicado por conchitamachado às 20:18
link do post | comentar | favorito
|

17 comentários:
De Cris a 22 de Fevereiro de 2007 às 00:02
Eu n gosto muito de carnaval... mas adorei o teu poema!

beijinho


De soaresesilva a 22 de Fevereiro de 2007 às 17:05
Aqui em Lisboa não andou o Carnaval!


De soaresesilva a 23 de Fevereiro de 2007 às 22:01
Obrigada pela visita, mais uma, com sempre belos comentários.


De Cakau a 23 de Fevereiro de 2007 às 22:46
E que tal o teu carnaval, querida Conchita? :) Beijinho grande *


De Jofre Alves a 24 de Fevereiro de 2007 às 20:47
O Carnaval pouco ou nada me diz, mas do poema gostei pela intensidade lírica. Óptimo fim-de-semana.


De Augusto Brilhante Ribeiro a 24 de Fevereiro de 2007 às 23:03
Carnaval

De corpo suado
lábios rasgados
fizemos amor
embriagados

Depois disseste
Carnaval é festa!
E... porquê esta?
Esta? Não presta

Quero-te séria
Quero-te a sentir
Amar-te sem máscara
E no fim sorrir.

bjs


De Carlos Costa a 25 de Fevereiro de 2007 às 16:57
O Carnaval é uma época especial, de alegria e dança. É um festejo diferente.

Beijos


De eduardo a 28 de Fevereiro de 2007 às 20:33
Olá. Não sou das pessoas mais sensíveis ao Carnaval, entendo haver outras formas de expressar a alegria que vai dentro de nós, mas aceito naturalmente, pois tudo o que possa fazer o ser humano feliz toca-me profundamente. O poema é lindo e fico satisfeito por o partilhar. Boa semana.


De Anónimo a 28 de Fevereiro de 2007 às 23:27
Viva!

Carnaval!Carnaval!
É um dia diferente?
É um dia Igual?
Sempre terça-feira
Dia de brincadeira
Diferente do Natal
Tenho medo da máscara
E da Brasileira
Eu cá não alinho
Nessa brincadeira!

Um Abraço


De ManuelNeves a 28 de Fevereiro de 2007 às 23:28
Viva!

Carnaval!Carnaval!
É um dia diferente?
É um dia Igual?
Sempre terça-feira
Dia de brincadeira
Diferente do Natal
Tenho medo da máscara
E da Brasileira
Eu cá não alinho
Nessa brincadeira!

Um Abraço


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds