Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006
PASSA POR MIM NO NATAL !

NATAL DE LUZ


Casa branca suspensa no tempo...
Não se apaga da memória.

O ar tinha cheiro a sândalo da manhã.
A música distante...dos bailes egípcios lá fora.
Os perfumes da fruta estavam cá dentro...

Naquela altura
só via uma criança adormecida...
A paz
irradiava no seu rosto.

Sentada na pedra que dá para o poente...
Como s' alma
a escapar-lhe calmamente
pelos olhos aquosos cansados.

Quando sorri,
seus olhos multicolores...
É como se soltassem no ar
um discurso de milhares de pombas
ligeiramente avermelhadas
pela última Luz do crepúsculo!...

Um anjo afastou a pedra
em su'alma coração
guardou silêncio.

Como presépio aberto
no horizonte...
Ninguém se apercebe
de sua luz
do seu valor!...

Nessa invulgar magia...
O Amor!
Em cada fiozinho de luz
o Sol expandia
d' Alegria!



Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA



publicado por conchitamachado às 21:42
link do post | comentar | favorito
|

26 comentários:
De soaresesilva a 20 de Dezembro de 2006 às 00:15
Como os teus versos dão o ambiente propício aos nossos sonhos inspirados no sonhos de criança. Eu sento-me ainda criança quando chega a esta época.
Um bom Natal cheio de poesia.


De Praia da Claridade a 20 de Dezembro de 2006 às 00:48
Neste bonito poema de Natal venho retribuir e agradecer os votos de Boas Festas com muita saúde e alegria.
Muito depressa se vai chegar a 2007 e por isso registo desde já os votos sinceros de que um novo ano cheio de êxitos pessoais e familiares.
Beijo.
Filipe, com o da minha Praia. mas com muito frio....


De Secreta a 20 de Dezembro de 2006 às 10:40
Mais um poema lindissimo "dedicado" ao Natal.
Deixo votos de boas festas.
Beijito.


De Simão a 20 de Dezembro de 2006 às 17:06
Desejo-te um feliz Natal e que seja um "Natal de luz" e alegria.
Gostei muito do poema.


De Márcia(clarinha) a 20 de Dezembro de 2006 às 18:25
Muita luz nesse Natal e em todos os dias de sua vida querida!
Paz, harmonia, amor e saúde façam de seus momentos os mais especiais.
Lindo dia,flor
beijosssssssssssss


De Maria Papoila a 21 de Dezembro de 2006 às 19:10
Conchita!
Um lindíssimo poema!
Hoje venho expressamente desejar Feliz Natal!
Beijos


De Anónimo a 21 de Dezembro de 2006 às 19:29
Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, todos os dias sejam de felicidade.

Carlos Costa


De Carlos Costa a 21 de Dezembro de 2006 às 19:31
P.S.: Não disse quem era.

Anónimo = Carlos Costa


De adryka a 21 de Dezembro de 2006 às 21:08
Olá minha querida amiga, o teu poema é lindo mesmo muito lindo.Queria desejar-te um feliz natal que o menino Jesus realize todos os teus sonhos. Beijinhos


De Jofre Alves a 22 de Dezembro de 2006 às 03:10
Estimada Conchita: Boas Festas, Santo Natal e Próspero Ano Novo, são os meus sinceros votos.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds