Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006
O SURREALISMO DA VIDA




A VIDA SONHANDO



Não consegue deixar de sonhar
e
como átomo no espaço...
Admira a grandeza
sobre o nada
da vida

Faz vibrar cordas do coração
e
com dedos de flores
toca aroma
d' amores

Se com frutos
a
estação...
Seu canto sabe a flores...
É poema sedução

Músicas
inter-valsas
se agregam harmoniosas
nas matas silenciosas...

Se inseguro incerto
o mar...
Seus sonhos
nunca hão-d' acabar...

Seus cantos parecem novos
se canta
p' ra todos os povos!...


Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA



publicado por conchitamachado às 12:12
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Secreta a 7 de Dezembro de 2006 às 17:45
Mais um bonito poema , que me parece nos quer dizer muito nas entrelinhas...
Beijito.


De Martuxa a 7 de Dezembro de 2006 às 22:13
O surrealismo da existência :)


De rubo medina a 8 de Dezembro de 2006 às 02:42
Conchita, minha querida, a sua prsença no meu blog me alegra muito.
Beijos. Felicidades.


De soaresesilva a 8 de Dezembro de 2006 às 16:56
Mais um belo e sentido poema!


De Jofre Alves a 8 de Dezembro de 2006 às 18:58
Passei para desejar óptimo fim-de-semana e apreciar esta interessante página, onde impera a qualidade e bom gosto. Até breve.


De Carlos Costa a 26 de Dezembro de 2006 às 17:10
Sempre encarei a lua como uma entidade intemporal, um astro próximo de nós.

Boa Semana

Carlos Costa


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds