Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Domingo, 13 de Agosto de 2006
«E SE MAIS MAR HOUVERA, MAIS ILHAS ENCONTRARA»
AS ILHAS AFORTUNADAS


Que voz vem no som das ondas
Que não é a voz do mar?
É a voz de alguém que nos fala,
Mas que, se escutamos, cala,
Por ter havido escutar.

E só se, meio dormindo,
Sem saber de ouvir ouvimos,
Que ela nos diz a esperança
A que, como uma criança
Dormente, a dormir sorrimos.

São ilhas afortunadas,
São terras sem ter lugar,
Onde o Rei mora esperando.
Mas, se vamos despertando,
Cala a voz, e há só o mar.


Fernando Pessoa
In  A MENSAGEM


publicado por conchitamachado às 20:01
link do post | comentar | favorito
|

67 comentários:
De Cláudia a 13 de Agosto de 2006 às 21:38
Olá,
gosto muito deste poema.
Jokas


De segundavida a 13 de Agosto de 2006 às 21:58
Mais um poema lindíssimo sobre o mar, do Fernando Pessoa. Os nossos poetas têm uma obra tão vasta. Os blogs são também um grande veículo de cultura e neste caso fiquei um pouco mais rico porque não conhecia este poema do Fernando Pessoa. Um bom início de semana.


De Cássio Amaral a 13 de Agosto de 2006 às 22:33
Estou lendo Fernando Pessoa. Acho um dos maiores, ou o maior poeta da língua portuguesa.
Muito bom aqui.
Beijo e muita luz e saúde.
Depois veja o conto do meu blog qdo puder.


De soaresesilva a 14 de Agosto de 2006 às 00:32
Já li a Mensagem vezes sem conta e nela encontro sempre coisas novas!


De Carlos Afonso a 14 de Agosto de 2006 às 17:48
Olá Amiga Conchita!! Como não podia deixar de ser, "A Mensagem", faz parte da minha Biblioteca!! Poema muito belo este!! É sempre bom constatar ke ainda há kem goste de publicar material bom e "Nosso"!! Beijokas...Carlos.


De smareis a 14 de Agosto de 2006 às 18:22

Oi querida!
Vim te trazer um beijo e te desejar um otimo começo de semana cheio de muitas coisas legais e muito feliz
Você é harmonia e criação divina,é fonte de amor que se recarrega sempre.quanto mais o distribui mais o recebe.se o seu rumo é o sol e sua direção a vida,pode até passar por tempestades e furacões,
mas lá no final do caminho,na curva da certeza,
existe um caminho florido, fito para teus pés,
por isso,não desista nunca de seus ideais.
A esperança é a chave que abre e vai te levar até os seus sonhos!


`·.¸(¨`·.·´¨)¸....´(¨`·.·´¨×°×.
.×°×`·.¸.·´ ×°×°×`·.¸.·´ ×° beijos em seu coração!
(¨`·.·´¨).¸.·´(¨`·.·´¨)...(¨`·.·´¨)
.`·.¸.·´ .×°×..`·.¸.·´ ×°. `·.¸.·´ ×°×


De Carlos Costa a 15 de Agosto de 2006 às 12:40
O mar e os seus mistérios, bem podemos ter orgulho nos descobrimentos.

Bom Verão


De Estrela do Mar a 15 de Agosto de 2006 às 12:41
...é muito bonito este poema conchita...boa escolha:)...


Bjossssssssssss


De Sandra M. a 15 de Agosto de 2006 às 13:59
Olá. Vim agradecer-te a visita ao Sombras. Obrigado pelas tuas palavras. Vou adicionar-te para não te perder o rasto, está bem?

Beijinhos

p.s. ADORO FERNANDO PESSOA. ;)


De Zalinha a 15 de Agosto de 2006 às 15:13
A voz do mar é a voz que me trz muita tranquilidade e aquela que procuro sempre que me sinto triste.Bonito mais este poema de Fernando Pessoa:)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds