Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Sexta-feira, 28 de Julho de 2006
OS RIOS SÃO O ALIMENTO DO MAR SEM FIM !
CAMINHOS DE ÁGUA


O mar... grandeza
imensidão!
Água cantando
no silêncio
amando
à noitinha.
Céu estrelado.
Água cintilando...
Brandura.
Sorrisos azuis
de ternura.
Olhos rasos d'água
maré cheia...
Mais estrelas na água
caminhando
por amor.
Encantos seus...
Luar sereno.
Lembrando ...
Autor!...
Estradas gigantes
caminhadas
de navegantes!
Na alma
guarida calma.
Este silêncio
tem asas.
Na mente...
Amor transparente.
Cegueira doce.
Mar ardente!...


Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM
POEMA


publicado por conchitamachado às 11:32
link do post | comentar | favorito
|

43 comentários:
De Butterfly a 28 de Julho de 2006 às 14:37
Gostei muito...principalmente deste final...de um amor transparente com uma cegueira doce...
Passarei cá mais vezes para ler os seus poemas!!
Beijinhos!!


De Cláudia a 28 de Julho de 2006 às 14:39
Bonitas palavras e bonitas imagens.
Jinhus


De smareis a 28 de Julho de 2006 às 20:24
Olá minha querida!
Vim deixar um carinho, um beijo e te desejar um ótimo fim de semana cheio de muitas energias positivas, paz, luz, alegria na sua vida .
Obrigada minha linda amiga pelo carinho no meu blog.
Bjs em seu coração!


De carla m. a 28 de Julho de 2006 às 20:30
Gostei muito, metes aqui cada poema mais lindo...


De Nylda a 29 de Julho de 2006 às 10:55
Olá linda Conchita...
Excelente este poema, é sempre um prazer vir aqui para te ler.
"Céu estrelado.
Água cintilando...
Brandura.
Sorrisos azuis
de ternura".
Lindo adorei.
Bom fim de semana para ti minha linda.
Beijos e um sorriso.


De Maria Papoila a 29 de Julho de 2006 às 17:15
Olá Conchita:
O encanto, o fascínio o mistério do Mar ... os caminhos da água... LINDO! Vou estar de férias... mas volto. Beijo


De jo a 29 de Julho de 2006 às 19:22
A água, um rio , o mar palavras mágicas mesmo para quem não é poeta. Basta ouvi-los, contemplá-los e o nosso pensamento voa mais depressa que as próprias corrente. Bom fim de semana para ti também.


De segundavida a 29 de Julho de 2006 às 19:41
O mar...sempre o mar, estamos rodeados por ele, dependemos dele por isso ele faz parte do nosso "universo" e nos inspira em belos momentos como este. Parabéns! Bom fim de semana.


De Chicailheu a 30 de Julho de 2006 às 00:41
"Estradas gigantes, Mar ardente...tudo isto e muito mais simboliza o Mar para mim!
Gostei muito deste teu poema...é lindo!
Chicailheu


De Ceci a 30 de Julho de 2006 às 00:48
Este final "
"Este silêncio
tem asas.
Na mente...
Amor transparente.
Cegueira doce.
Mar ardente!... "

parece uma música escorregando na água. Sons de violinos e violas, pássaros de vários matizes a cantar com a imensidão de águas.
Meu abraço, Conchita.



Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds