Espaço comunicativo, de teor artístico-cultural, em que a expressão poética assume o papel de maior relevo. Não há aqui lugar a pessimismos fátuos, a frustrações e/ou falsas evidências... Prevalecerão o bom senso e o critério humanísticos!
Sábado, 19 de Maio de 2007
AQUELE MAR DO ANOITECER ...

PAUSA REFRESCANTE


Um paraisozinho fechado
nos estreitos limites do jardim.
Acha ali espaços...
Vento carregado
de perfume dos campos
e sargaços.
Correm as nuvens no céu.
Escuta o mar feliz!
Brilha no rosto
o fogo de seus olhos.
Noite amena,
segura, serena.
Esplanada na praia
plantada.
Pausa refrescante.
Uma gaivota... e outra...
e outra...
Fazem voar
tempestade de sorrisos,
palavras cheias de sonho!
Ao longe
dançantes luzes
bailam sobre as ondas.
São pequenos deuses
brincando nas águas
convidando amores.
Longa vai a noite,
ressuscit’ ardores.
Dunas selvagens
moinhos!...
Quase não respira
este mar mansinho...
Corpos deitados fresquinhos
encenam mistérios!...

Não é uma praia,
é mítica fonte.
Antes de adormecer
neste anoitecer
do horizonte!


Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA



publicado por conchitamachado às 11:37
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Domingo, 6 de Maio de 2007
QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO ...

RECORDANDO...


Embalada na Esperança
que ilumina o caminho...

Quisera a ti escrever
o mais belo
e sublime canto!...

Aprazível como beijos
de uma Mãe!...
Em todas as estações
e geografias...
tua presença fala!...
Arquivos mil
fotografias...
ficam no coração
em silêncios...
para o mundo
para a madrugada
para o dia
para a noite...

As mãos de Deus
fazem
mover as ondas
do Mar...
trespassam o coração
acariciam a alma!...
Graças aos céus
pelas cores
de minhas lágrimas...
Graças a Deus
pelo silêncio!...
Minha mágoa...


Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA

.....................................

M Ã E

É bom recordar às vezes sozinho

teus beijos tão doces, tão doces, tão ternos

não há quem espalhe no mundo carinho

como os lábios santos, teus lábios maternos.

Mãe, só tu tens coração

para amar como ninguém

Mãe, só tu és o amparo

na ausência do bem.

Há no teu olhar

o azul do céu, o verde do mar,

Há no teu sorrir

o encanto das rosas

que estão a florir!

És a canção mais fina, mais querida,

que o Deus do amor nos soubve cantar.

Sem ti não havia esperança na vida

contigo apetece viver e amar.

Mãe, só tu tens coração

para amar como ninguém

Mãe, só tu és o amparo

na ausência do bem.

Há no teu olhar

o azul do céu, o verde do mar,

Há no teu sorrir

o encanto das rosas

que estão a florir!

 

Frassino Machado

In CANCIONEIRO

 



publicado por conchitamachado às 09:12
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

Terça-feira, 1 de Maio de 2007
A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...
SOL LUA LUA SOL


Bela a noite qu' espreitou
fim da tarde
desejando anoitecer!
Esconde-se o Sol.
Convida a um voo
que extasia
em pleno dia...
serenando o espaço
onde amanhece
dor!
Afastando cortinas
ao luar.
Lua...
Chega à mente
faz o mundo girar!
Sem perder
o compasso...
batendo melodia
no manto da noite...
p'ra mais
galáxias!...
Em poema feito noite

e dia...
distância imaginando
apaziguando
seu mundo...
com divina
maestria!...
Longe da estrada
em movimento.
E na doçura do
caminho...
sobressai
o Universo!

Jardim feito flor...
instalando dia
na plenitude
do Amor!...

Conchita Machado
In MINHA VIDA É UM POEMA


publicado por conchitamachado às 10:39
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

ESTA BALADA DE VERÃO

HISTÓRIA DE UMA NOITE DE ...

AS FESTAS POPULARES PORTU...

NÃO HÁ FESTAS POPULARES S...

FERNANDO DE BULHÕES - O ...

AQUELE MAR DO ANOITECER ....

QUEM TEM UMA MÃE TEM TUDO...

A MULTIFORMIDADE DO AMOR ...

O SOL AINDA BRILHA PARA T...

SETE SÃO OS MARES.... MAS...

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds